O Projeto Iberoamericano de História Conceitual, mais conhecido como IBEROCONCEPTOS, tem como principal objetivo estudar de maneira sistemática, a longo prazo e numa perspectiva comparada, os mais importantes conceitos, linguagens, vocabulários, discursos e metáforas políticas que circularam no mundo iberoamericano nos últimos séculos. Nosso trabalho concentra-se especialmente na fase de transição para a modernidade, a qual se estende das últimas décadas do século XVIII avançando bastante pelo século XIX, período que, não por acaso, coincide com a fase crucial das revoluções liberais e de independência.

Ao mesmo tempo que desenvolvemos nosso projeto de pesquisa e edição, Iberoconceitos pretende pôr em prática um programa de formação de pesquisadores em história conceitual. Em razão deste objetivo pretendemos formar na Espanha, Portugal e na América Latina um grupo de estudiosos especializados em análise crítica da política numa perspectiva histórico-linguística.

As origens da rede de pesquisadores que trabalham juntos neste grande prometo internuniversitário remontam a julho de 2004, quando um pequeno grupo de acadêmicos europeus e latino-americanos, de língua espanhola e portuguesa, aproveitando um encontro mais amplo que ocorria no Rio de Janeiro ( VII Congresso de History of Political and Social Concepts Group-HPSCG), discutiu as primeiras base do prometo. Desde esse momento, o projeto tem avançado consideravelmente.

No Iberoconceptos colaboram quase uma centena de pesquisadores filiados a, cerca de trinta universidades de numerosos países da região, incluindo Argentina, Brasil, Chile,Colômbia, Espanha, México, Peru, Portugal, Uruguai, Venezuela e diversos países do Caribe e América central , além de outros pesquisadores de importantes universidades francesas, alemãs e norte-americanas.

Nosso projeto propõe uma nova aproximação transnacional para a história dos vocabulários da política, a partir de um ponto em comum entre várias áreas, territórios e disciplinas.Tomando como ponto de partida importantes estudos efetuados em história da língua e de lexicografia, contando com a contribuição de historiadores sociais, políticos e da cultura nosso propósito a médio prazo é a publicação de um Dicionário histórico iberoamericano de conceitos sociais e políticos em vários volumes. Essa obra encontraria seu sentido pleno em um contexto amplo de uma história atlântica. Uma história político-intelectual euroamericana que no futuro poderia integrar-se com outras histórias regionais correspondentes a outras grandes áreas geoculturais interrelacionadas em uma história global, ou, autenticamente universal.